Home Acima Fale conosco Glossário Mapa do site Quem somos Clientes

 Formigas
Voltar Home Acima Avançar

Home
Acima
Formigas

AUTORIZADA

 

 

Outros tópicos:

Intoxicações

 

 

FORMIGAS:

Existem milhares de espécies de formigas no mundo, sendo que 8.800 já foram descritas. No Brasil, ocorrem aproximadamente 2.000 espécies, sendo que somente 20 a 30 são consideradas pragas urbanas.

As formigas pertencem à ordem Hymenoptera. Mesmo grupo das abelhas e vespas. Diferem destas últimas por apresentarem uma antena do tipo geniculada (em forma de cotovelo), com o primeiro segmento (escapo) muito maior do que os seguintes. Apresentam também uma cintura que pode ser formada por um ou dois segmentos, também chamados de nós (Figuras 8.3 e 8.4).

Principais agentes e doenças: Bactérias, Vírus, Infecções, entre outras...

Habitat
As formigas formam seus ninhos nos mais diversos locais: na superfície ou no interior do solo, sobre as plantas, no interior de residências e estabelecimentos comerciais (sob azulejos, batentes de portas, móveis, aparelhos eletrodomésticos e eletrônicos), etc.

Danos Causados ao Homem
Além do transtorno causado pela presença de formigas no interior de residências, algumas espécies prejudicam seriamente a agricultura, estabelecimentos de pesquisa, comerciais e principalmente hospitais, onde podem ser agentes importantes na transmissão de infecção hospitalar.

 

   
Formigas Faraó Monomorium pharaonis  

Formiga Lava-pés.

 

 
 

Características das formigas urbanas

As diferentes espécies de formigas que se associam ao ambiente urbano compartilham características em comum.

São elas:

a) Migram com facilidade;

b) As espécies são unicoloniais, isto é, são caracterizadas pela ausência de comportamento agressivo entre indivíduos de diferentes ninhos que ocorrem em uma área. Esta ausência de agressividade permite o trânsito de indivíduos, da mesma espécie, de uma colónia para outra;

c) Forte agressividade interespecífica;

d) Poliginia;

e) Tamanho pequeno e geralmente monomórfica;

f) Reprodução por fragmentação da colónia, isto é, a perda do vôo nupcial, ocorrendo cópula no ninho. A colónia então se fragmenta, onde operárias partem com rainhas fecundadas e cria para novos locais constituindo uma nova colónia;

g) Rainhas com longevidade curta: esta característica não parece vantajosa, porém é compensada pela grande quantidade de rainhas produzidas pelas operárias através do tipo de alimento fornecido.

 

 

 

 

Home ] Acima ] Formigas ]

Rua Pavuna, 27 Sala 08, Itanhanga Park, CEP 79.003- 022 - Campo Grande - MS -  Tel 67 3042-6886 - 3042-8668 -  [email protected] - Última modificação: 28-agosto-2007 - WebMaster: www.inaciovacchiano.com